Com ponte fechada, funcionários do Aeroporto de Guarulhos vão perder mais de 1 hora em deslocamento

Entenda a volta que as pessoas que trabalham no aeroporto vão precisar fazer para chegar até o trabalho.

Vinícius Andrade

redacao@guarulhostododia.com.br

Imagens: Reprodução/TV Globo

Publicado em 28/05/2024 às 11:14 / Leia em 3 minutos

Após a passarela que ligava a Rua Jamil João Zarif ao Aeroporto de Guarulhos ser interditada na segunda-feira (27), os funcionários que usavam essa ponte de pedestres vão ter que dar uma grande volta para chegar ao trabalho. Moradores de regiões como São João, Malvinas, Lavras e Seródio acessavam diariamente esse trecho, pois bem ali ao lado tem um ponto de ônibus para facilitar o deslocamento e encurtar a distância até o GRU Airport.

No entanto, a partir de agora, milhares de pessoas que trabalham nos quatro turnos do aeroporto vão ter que ir até o Terminal Taboão, que fica a cerca de três quilômetros da ponte que cedeu. Aí, chegando lá, ainda vão precisar atravessar toda a passarela da Estação da CPTM Aeroporto-Guarulhos para pegar um outro ônibus, o de traslado gratuito que para nos três terminais do aeroporto.

O problema é que esse transfer já é muito usado por funcionários que moram em outras regiões da cidade, além dos próprios passageiros que chegam ao local de trem para pegar um voo no GRU Airport. O People Mover, que poderia ajudar nesse transporte, só deve começar a funcionar a partir de agosto.

Fora o perrengue, esse deslocamento deve aumentar em pelo uma hora o tempo de ida e volta dos funcionários do aeroporto entre a casa e o trabalho.

Imagem aérea da ponte da Jamil João Zarif

Em entrevista ao telejornal Bom Dia São Paulo, da Globo, o socorrista José Luís Perez foi surpreendido ao chegar na passarela da Rua Jamil João Zarif e encontrá-la fechada, por volta das 8h desta terça (28). “Essa hora tem muitos funcionários que passam por aqui. Eu não estava sabendo de nada, falaram que foi ontem. Agora eu vou ter dar a volta pelo trem, no Terminal Taboão, atravessar e pegar o traslado para descer do lado de cá. Uns 50 minutos a mais”, projetou o funcionário do Aeroporto de Guarulhos.

O que diz a Prefeitura de Guarulhos

De acordo com a concessionária GRU Airport, a ponte é de responsabilidade da Prefeitura de Guarulhos. Em nota, a prefeitura informou à Globo que essa ponte já seria desmontada em breve, pois o rio Baquirivu-Açu passa por obras de macrodrenagem. Uma passarela seria instalada ali. Agora, por causa dos problemas na ponte, a Secretaria de Obras de Guarulhos informou que vai adiantar a construção dessa passarela. Ainda não há previsão de quando essa nova ligação ficará pronta.

Compartilhe

Siga o Guarulhos Todo Dia

Siga no Google News

Nomes nas urnas

Eleições 2024: partidos de Guarulhos começam a oficializar seus candidatos

LESÃO CORPORAL CULPOSA

Trânsito está mais violento em Guarulhos: Acidentes com feridos crescem 38% em um ano

ANTIGOS ADVERSÁRIOS

Eleições 2024: Elói Pietá (Solidariedade) terá Fran Corrêa (MDB) como candidata à vice

CHAPA DEFINIDA

Eleições 2024: Waldomiro Ramos (PSB) terá Claudia Papotto como candidata à vice

ENTENDA O CASO

Jardim Álamo protesta contra mudanças na rodovia Presidente Dutra

Quem vota na cidade

Conheça o perfil dos eleitores de Guarulhos que vão votar este ano

IMAGENS FORTES

Polícia investiga “homicídio com dolo eventual” em acidente na Timóteo Penteado

O preço tá bom?

Feijoada vai bem nesse frio? Então não esqueça da couve manteiga. O preço está bom.

PREVISÃO DA SEMANA

Tempo fica estável em Guarulhos nesta semana: nublado, friozinho e sem chuva

Chapa fechada

Eleições 2024: Lucas Sanches (PL) terá Thiago Surfista (Novo) como candidato a vice

AGENDA GUARULHOS

Festa julina do Bosque Maia vai até dia 21; confira preços das atrações e comidas

REMÉDIO DE GRAÇA

Farmácia Popular em Guarulhos: Veja a lista de medicamentos atualizada