ANAC, ministério e polícia apuram morte de cachorro em voo da Gol

Morte de Joca é investigada por diferentes órgãos e pode provocar mudança na lei sobre transporte de pets em aviões.

Vinícius Andrade

redacao@guarulhostododia.com.br

Reprodução

Publicado em 24/04/2024 às 11:57 / Leia em 5 minutos

O Ministério de Portos e Aeroportos e a ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) investigam a morte do cachorro Joca, que sofreu parada cardiorrespiratória depois de ser enviado em um voo errado pela companhia Gol na segunda (22). De acordo com o ministro Silvio Costa Filho, o governo já realizou uma reunião de emergência ainda na terça-feira (23), e a companhia aérea recebeu um ofício para prestar esclarecimentos sobre o caso. A empresa terá três dias para prestar esclarecimentos.

“Tomamos conhecimento da triste notícia da morte do cachorro Joca após um erro técnico num voo que deveria seguir de São Paulo para o Mato Grosso, e terminou indo parar em Fortaleza”, começou o ministro de Portos e Aeroportos, em post no Twitter/X.

“Ontem mesmo fizemos uma reunião de emergência com o presidente da ANAC, que já oficiou a companhia aérea Gol para prestar os devidos esclarecimentos. Não vamos admitir que episódios como esse voltem a se repetir. Desde já, gostaria de prestar toda minha solidariedade ao tutor de Joca, João Fantazzini, e dizer que estamos acompanhando de perto toda investigação”, escreveu o político, que prometeu ainda “iniciar um amplo debate com o Congresso Nacional e com a sociedade civil organizada para que possamos construir leis mais duras para coibir esse tipo de incidente”.

Além disso, a Polícia Civil de São Paulo, por meio da Delegacia do Meio Ambiente em Guarulhos, instaurou um inquérito para investigar as circunstâncias da morte de Joca. A mãe do tutor de Joca prestou depoimento, e o corpo do animal foi encaminhado a um hospital veterinário. Ele passou por exames de necrópsia e foi liberado.

Segundo a ANAC, “o transporte de animais de estimação e animais de assistência emocional, quando ofertado pelas empresas aéreas, implica na responsabilidade das próprias empresas desde o embarque até o recebimento dos animais”.

Gol suspende transporte de pets por 30 dias

Após a morte de Joca, a Gol decidiu suspender por 30 dias o transporte de cães e gatos em voos que a companhia opera. A suspensão começou nesta quarta (24) e vão até o dia 23 de maio. Segundo a companhia, os clientes que contrataram o serviço para o período poderão receber restituição total do valor, inclusive com o reembolso da passagem. Além disso, também dá para adiar a viagem sem custos para depois de 23 de maio, em voos até 31 de dezembro deste ano.

Entenda o caso

Joca, um cão da raça Golden Retriever de cinco anos de idade, morreu depois de ser despachado em um voo errado da Gol Linhas Aéreas na segunda-feira (22). O tutor, João Fantazzini, e o cachorro saíram do Aeroporto Internacional de Guarulhos, em Cumbica, tendo como destino o Aeroporto de Sinop, no Mato Grosso. No entanto, o animal foi despachado de forma errada para Fortaleza, no Ceará. No retorno para Guarulhos, Joca sofreu uma parada cardiorrespiratória e morreu.

A família é daqui de Guarulhos, mas o tutor João estava de mudança para a cidade de Sorriso, no Mato Grosso.

“Ele não estava com veterinário quando ele chegou, ele não tinha um veterinário em Fortaleza para saber se ele estava apto a pegar o voo de Fortaleza para Guarulhos. Me falaram que em Fortaleza não tinha veterinário e ele ficou na pista por volta de uma hora e meia, lá a sensação térmica estava em 36ºC. Imagina na pista.”

João Fantazzini, tutor de Joca, em entrevista à Globo

O que diz a Gol

“A GOL lamenta profundamente o ocorrido com o cão Joca e se solidariza com a dor do seu tutor. A Companhia informa que o cão Joca deveria ter seguido para Sinop (OPS), no voo 1480 do dia 22/04, a partir de Guarulhos (GRU), porém, por uma falha operacional o animal foi embarcado em um voo para Fortaleza (FOR).

Assim que o tutor chegou em Sinop, foi notificado sobre o ocorrido e sua escolha foi voltar para Guarulhos (GRU) para reencontrar o Joca.

A equipe da GOLLOG na capital cearense desembarcou o Joca e se encarregou de cuidar dele até o embarque no voo 1527 de volta para Guarulhos (GRU). Neste período, foram enviados para o tutor registros do Joca sendo acomodado de volta na aeronave. Infelizmente, logo após o pouso do voo no aeroporto de Guarulhos (GRU), vindo de Fortaleza, fomos surpreendidos pelo falecimento do animal.

A Companhia está oferecendo todo o suporte necessário ao tutor e a apuração dos detalhes do ocorrido está sendo conduzida com prioridade total pelo nosso time. Nos solidarizamos com o sofrimento do tutor do Joca. Entendemos a sua dor e lamentamos profundamente a perda do seu animal de estimação.”

Compartilhe

Siga o Guarulhos Todo Dia

Siga no Google News

LINHA 19-CELESTE

Projeto do Metrô em Guarulhos inclui túnel na Paulo Faccini com a Tiradentes

DIÁRIA CARA

Sob risco de leilão: 7.889 veículos estão apreendidos em pátios do Detran em Guarulhos

O preço tá bom?

Feijoada vai bem nesse frio? Então não esqueça da couve manteiga. O preço está bom.

DROGAS INGERIDAS

Cresce o número de prisões de “mulas” do tráfico no Aeroporto de Guarulhos

AGENDA GUARULHOS

Festa julina do Bosque Maia vai até dia 21; confira preços das atrações e comidas

VEJA OS VALORES

Aeroporto de Guarulhos terá tarifas de embarque e conexão mais caras a partir de agosto

ÁGUA NA BOCA

Guia: 9 pizzarias bem avaliadas em Guarulhos; cidade tem paixão por pizza!

BOTA CASACO, TIRA CASACO

São Paulo registra a tarde mais fria do ano: 13 graus. Mas o tempo vai mudar…

TRABALHO

Latam está com vagas de emprego abertas no Aeroporto de Guarulhos

VIAGEM E PASSEIO EM SP

O preço médio da diária em hotéis e pousadas de Campos do Jordão em 2024

O podcast do GTD

A greve que não houve, a verba polêmica e muito mais, em A Semana em Guarulhos

DICA NA CIDADE

Museu do Videogame em Guarulhos: Tudo sobre o evento no Internacional

EM CARTAZ

Quanto custa o ingresso do cinema em Guarulhos? Veja os preços