Guarulhos completa uma semana sem registros de novas mortes por dengue

Número de mortes registradas no boletim desta quinta (25) é o mesmo que constava na semana passada: 33. Quantidade de casos e filas nos hospitais, porém, não dão sinais de queda.

Vinícius Andrade

redacao@guarulhostododia.com.br

Pixabay/Banco de Imagens

Publicado em 25/04/2024 às 19:17 / Leia em 2 minutos

Pela primeira vez em abril, Guarulhos completou uma semana sem o registro de novas mortes confirmadas por dengue. O número de casos e as filas nos centros de saúde, porém, ainda não apresentam sinais de queda. No boletim divulgado pela prefeitura hoje (25), há 33 óbitos pela doença confirmados desde o início do ano, mesmo número que constava no boletim de quinta-feira passada, dia 18. Já a quantidade de casos saltou de 32.336 para 38.425.

Não ter o registro de novas mortes por dengue não quer dizer que elas não tenham acontecido nesses últimos dias, pois alguns casos ficam em investigação. No entanto, indica uma situação menos grave em relação à segunda semana de abril, quando 10 novos óbitos foram registrados em apenas sete dias.

O surto da doença tem provocado superlotação nas unidades de pronto atendimento públicas e particulares de Guarulhos, com espera que varia de 6 a 12 horas. Oito Unidades Básicas de Saúde (UBS) tem ficado abertas aos finais de semana, das 7h às 17h, pelo programa Atende Já Dengue, na tentativa de reduzir as filas. Além disso, a prefeitura montou estruturas especiais nas UPAs Paulista, São João e Cumbica, além do PA Paraventi, que atendem das 7h às 19h.

A taxa de incidência da dengue em Guarulhos é de 2.974 casos para cada 100 mil habitantes. Como comparação, o valor considerado para configurar uma epidemia é de 300 notificações para cada 100 mil pessoas.

Dengue pelo país

De acordo com reportagem da Agência Brasil, o Painel de Monitoramento das Arboviroses do Ministério da Saúde contabilizava nesta quinta-feira (25) 3.852.901 casos prováveis de dengue registrados em todo o país nos quatro primeiros meses de 2024. O número representa mais que o dobro de casos prováveis da doença identificados ao longo de todo o ano passado: 1.649.144.

Dados da pasta indicam ainda 1.792 óbitos confirmados por dengue em 2024, além de 2.216 mortes em investigação. O coeficiente de incidência da doença no país, neste momento, é 1.897 casos por cada 100 mil habitantes. A letalidade em casos prováveis é 0,05 e a letalidade em casos de dengue grave é 4,43.

Compartilhe

Siga o Guarulhos Todo Dia

Siga no Google News

Nomes nas urnas

Eleições 2024: partidos de Guarulhos começam a oficializar seus candidatos

O preço tá bom?

Feijoada vai bem nesse frio? Então não esqueça da couve manteiga. O preço está bom.

DROGAS INGERIDAS

Cresce o número de prisões de “mulas” do tráfico no Aeroporto de Guarulhos

AGENDA GUARULHOS

Festa julina do Bosque Maia vai até dia 21; confira preços das atrações e comidas

VEJA OS VALORES

Aeroporto de Guarulhos terá tarifas de embarque e conexão mais caras a partir de agosto

ÁGUA NA BOCA

Guia: 9 pizzarias bem avaliadas em Guarulhos; cidade tem paixão por pizza!

BOTA CASACO, TIRA CASACO

São Paulo registra a tarde mais fria do ano: 13 graus. Mas o tempo vai mudar…

TRABALHO

Latam está com vagas de emprego abertas no Aeroporto de Guarulhos

VIAGEM E PASSEIO EM SP

O preço médio da diária em hotéis e pousadas de Campos do Jordão em 2024

O podcast do GTD

A greve que não houve, a verba polêmica e muito mais, em A Semana em Guarulhos

DICA NA CIDADE

Museu do Videogame em Guarulhos: Tudo sobre o evento no Internacional

EM CARTAZ

Quanto custa o ingresso do cinema em Guarulhos? Veja os preços

ENTENDA A CRISE

Endividada, Casa do Pão de Queijo é exemplo do quanto é caro comer em aeroporto