Abarrotado, pátio do Detran no Tremembé tem 5 mil veículos à espera de leilões

Mais de 70% dos 145 mil veículos parados nos 245 pátios de São Paulo estão abandonados há mais de 180 dias. Leilões estão suspensos desde o ano passado.

Vinícius Andrade

redacao@guarulhostododia.com.br

Bueno Drone/YouTube

Publicado em 31/05/2024 às 19:36 / Leia em 4 minutos

A imagem chama a atenção. São 5 mil veículos abarrotados no pátio do Detran no Tremembé, na zona norte de São Paulo. Tem carros de todos os tipos: desde os mais luxuosos até os populares; modelos novos e antigos. Alguns usados por prestadores de serviço, como um de entregas de botijão de gás e outro que transportava bebidas. Esses milhares de veículos têm em comum o fato de terem sido apreendidos por irregularidades, como multas, infrações de trânsito, falta de pagamento de financiamento bancário, entre outros.

O flagra foi registrado no início desta semana pelo canal do YouTube Bueno Drone, parceiro do Guarulhos Todo Dia. O pátio do Tremembé fica ao lado da rodovia Fernão Dias, perto das obras do Rodoanel Norte. Confira no vídeo abaixo:

Não existe uma data exata para esse e outros pátios de todo o estado de São Paulo ficarem menos cheios, pois os leilões estão suspensos pelo governo estadual desde o ano passado por suspeitas de irregularidades. Atualmente, a única forma de retirar o carro de um pátio como esse do Tremembé é com o proprietário resolvendo as pendências e indo lá buscar o veículo.

No entanto, muitos motoristas não tem dinheiro para reverter uma apreensão.

Por isso, quando um carro ou moto fica mais de seis meses (180 dias) dentro de um pátio, o Detran tem o direito de mandá-lo para leilão. Os leilões são feitos por empresas contratadas pelo departamento de trânsito.

Segundo estimativas, mais de 70% dos 145 mil veículos parados nos 245 pátios de São Paulo estão abandonados há mais de 180 dias.

Leilões suspensos pelo Detran

Em julho de 2023, o Governo de São Paulo suspendeu esse tipo de venda por lances para poder elaborar novas regras e fiscalizar de forma mais rígida os leilões. Um plano de ação foi formulado em novembro. Em julho de 2024, com as novas regras em vigor, leilões voltarão a acontecer em oito cidades: Botucatu, Bragança Paulista, Capela do Alto, Cerquilho, Cesário Lange, Itapecerica da Serra, Itatiba e Juquitiba. A expectativa é que mais de 3,2 mil veículos sejam comercializados nesses eventos.

Ainda não previsão de quando os leilões vão voltar a acontecer na capital paulista. “Em maio, nós assinamos 11 contratos com os leiloeiros. Então, nesse plano de ação, o Detran reformulou toda a documentação, os pré-requisitos em que os leiloeiros deverão apresentar documentações e, com isso, foram disparados esses novos leilões”, informou Amanda Couto, superintendente do Detran-SP, à Globo.

Efeito colateral dos pátios lotados

Sem os leilões, existe todo um mercado prejudicado. Anderson Aparecido, administrador do pátio no Tremembé, relatou que antes o local funcionava com 42 guinchos. Hoje, porém, trabalham com 15, o que representa quase 30 pessoas já demitidas. Além disso, os cortes atingem funcionários de setores como expedição e limpeza.

“Não temos espaço. Estamos com problema financeiro porque a empresa é obrigada a cortar custo disso. Está demitindo funcionário e está cortando guincheiros, que são todos terceirizados. A empresa já não tem recurso para pagar tudo isso”, informou o gerente, em entrevista ao telejornal SP2, da Globo.

Além do prejuízo, a superlotação dos pátios também pode representar um problema de saúde pública, pois os veículos viram focos de dengue por causa da água parada. “A gente tenta cobrir com a capa para evitar isso, mas o foco de dengue continua. Isso também termina em prejuízo. A gente paga empresa terceirizada para fazer dedetização, mas não vence. O risco aqui é grande”, falou Anderson.


Compartilhe

Siga o Guarulhos Todo Dia

Siga no Google News

LINHA 19-CELESTE

Projeto do Metrô em Guarulhos inclui túnel na Paulo Faccini com a Tiradentes

PROGRAMA ESTADUAL

7 escolas de Guarulhos querem ser cívico-militares; entidades tentam vetar projeto

CHAPA PURA

Eleições 2024: Márcio Nakashima (PDT) terá Josinaldo Cabeça como candidato a vice

VEJA COMO DENUNCIAR

Acidentes com balões na rede elétrica afetaram 453 casas em Guarulhos em 2024

ESQUEMA CRIMINOSO

Entenda o golpe do Pix errado e saiba como não ser enganado

Nomes nas urnas

Eleições 2024: partidos de Guarulhos começam a oficializar seus candidatos

LESÃO CORPORAL CULPOSA

Trânsito está mais violento em Guarulhos: Acidentes com feridos crescem 38% em um ano

ANTIGOS ADVERSÁRIOS

Eleições 2024: Elói Pietá (Solidariedade) terá Fran Corrêa (MDB) como candidata à vice

CHAPA DEFINIDA

Eleições 2024: Waldomiro Ramos (PSB) terá Claudia Papotto como candidata à vice

ENTENDA O CASO

Jardim Álamo protesta contra mudanças na rodovia Presidente Dutra

Quem vota na cidade

Conheça o perfil dos eleitores de Guarulhos que vão votar este ano

IMAGENS FORTES

Polícia investiga “homicídio com dolo eventual” em acidente na Timóteo Penteado