Entenda a área de desapropriação do Metrô em Guarulhos, que inclui até o McDonald’s da Paulo Faccini

O Guarulhos Todo Dia te explica em detalhes em que pé está o projeto da Linha 19-Celeste do Metrô. Área de desapropriação que consta em decreto inclui endereços famosos da cidade.

Vinícius Andrade

redacao@guarulhostododia.com.br

Bueno Drone/Guarulhos Todo Dia

Publicado em 29/05/2024 às 20:07 / Leia em 6 minutos

Na última semana, muito tem se falado sobre o Metrô em Guarulhos. A grande quantidade de informações pode deixar tudo um tanto quanto confuso. Por isso, vamos tentar organizar as ideias aqui neste texto e explicar melhor o que está acontecendo. As notícias sobre desapropriações, publicadas recentemente por diferentes veículos de imprensa, se referem à Linha 19-Celeste, que é uma linha que ainda não existe. Esse novo trecho do Metrô paulista pretende ligar Guarulhos ao Anhangabaú, passando pela zona norte da capital.

O que aconteceu de novidade é que o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas, publicou no dia 22 de maio um decreto chamado Declaração de Utilidade Pública (DPU).

Nesse documento, o Governo de São Paulo aponta quais são as áreas de Guarulhos que devem ser desapropriadas para as obras da Linha 19 do Metrô. E uma obra do Metrô não envolve apenas as estações, mas envolve também sistemas de ventilação, estacionamento para os trens, área de manobra e uma série de detalhes técnicos. Sem contar, é claro, com os trabalhos de escavação, que muitas vezes causam danos estruturais aos imóveis.

Então, reforçando, a Linha 19-Celeste ainda não existe e está na fase de documentação.

Uma linha do Metrô que já existe e deve chegar a Guarulhos antes da 19 é a 2-Verde. Depois das escavações na zona leste, até a Penha, o Tatuzão deve começar a fazer o trajeto em direção à Ponte Grande e à Dutra, as duas estações guarulhenses da Linha 2-Verde. Na reportagem que está neste link, o Guarulhos Todo Dia te explica todos os detalhes sobre esse trecho.

Agora, vamos voltar à Linha 19-Celeste…

Como funciona o processo de desapropriação do Metrô?

Após o decreto, a aréa de utilidade pública fica disponível “para fins de desapropriação e ocupação temporária pela Companhia do Metropolitano de São Paulo – Metrô, por via amigável ou judicial”. No entanto, não é porque tem essa DPU que os imóveis vão ser desapropriados “amanhã” ou muito rapidamente. Afinal, estamos falando de uma obra pública.

E, ainda que exista vontade de acelerar o início dos trabalhos, o governo tem uma série de burocracias e protocolos a seguir. Um deles é escolher, via processo de licitação, uma empresa de engenharia que faça a análise técnica dos terrenos e imóveis apontados na Declaração de Utilidade Pública. Depois, o governo precisa comprar esses imóveis.

Nesse caso, nós estamos falando de empreendimentos famosos de Guarulhos, como o McDonald’s, o Posto Shell e o Banco Santander, que ficam no cruzamento da Paulo Faccini com Tiradentes; o Poli Shopping e comércios na região do calçadão da Dom Pedro II, no centro de Guarulhos; terrenos na Avenida Guarulhos e Avenida Antônio Iervolino; e outros locais, detalhados no final deste texto. Se os proprietários não quiserem vender “por via amigável”, começa uma briga judicial.

Até o final do ano, o Metrô deve definir detalhes sobre as obras e a modelagem operacional dos trabalhos: quando vai começar, por onde vai começar, previsão de entrega de trechos, enfim. Além disso, no ano que vem, também deve ser escolhida a concessionária responsável por administrar essa linha do Metrô.

A expectativa é que a 19-Celeste comece a funcionar em 2030. Porém, como você deve ter percebido, ainda tem muito a se fazer.

Veja quais as estações da Linha 19-Celeste do Metrô:

Mapa da linha 19-Celeste: Metrô vai ligar Guarulhos ao centro de São Paulo

Por onde a Linha 19-Celeste do Metrô de Guarulhos vai passar?

Junto ao decreto de número 68.552, o Governo de São Paulo também publicou as plantas das áreas em Guarulhos que devem ser desapropriadas. São 11 plantas ao todo, mas o Guarulhos Todo Dia vai destacar as cinco que envolvem as estações da cidade, para você entender onde o Metrô de Guarulhos vai passar.

Bosque Maia

Inclui o McDonald’s, o banco Santander e o Posto Shell, que ficam no cruzamento mais famoso da cidade: a Tiradentes com a Paulo Faccini. Essa área é nobre há décadas, mas ficou ainda mais valorizada recentemente, muito por conta da construção do Hospital São Luiz, que vai ser inaugurado em outubro de 2024, e do empreendimento Helbor Patteo Bosque Maia, que mistura comércios e apartamentos residenciais. Vale lembrar que esse Mc Donald’s incluído na área de desapropriação é o primeiro da rede de fast food aqui na cidade.

Locais de desapropriação na futura estação Bosque Maia, do Metrô de Guarulhos

Guarulhos/Centro

Inclui uma área de mais de 10 mil metros quadrados bem no centrão de Guarulhos, onde fica o calçadão, no quarteirão entre as ruas Dom Pedro II e a Coronel Portilho. O Poli, primeiro shopping do município, funciona nesse espaço.

Linha 19-Celeste: Estação Guarulhos, que vai ficar no centro

Vila Augusta

Esse local fica perto do prédio da Câmara Municipal de Guarulhos e inclui comércios e residências entre Avenida Guarulhos, Anel Viário (Helbor Patteo Bosque Maia) e Antônio Iervolino. Fica em frente à antiga fábrica da Rayovac (Microlite).

Área de desapropriação da futura estação Vila Augusta, da Linha 19-Celeste

Dutra

Na estação Dutra, caso o projeto do Governo de São Paulo se cumpra, o guarulhense terá duas opções de linhas do Metrô: a 2-Verde e a 19-Celeste. No mapa abaixo, o que tem a indicação de “DUP 67.231 de 03/11/2022” se refere ao espaço da Linha 2-Verde e um futuro terminal de ônibus, que vai ficar ao lado do Internacional Shopping, pertinho da saída do km 225 da Dutra. Já a parte em vermelho faz parte da Linha 19-Celeste.

Estação Dutra, da Linha 19-Celeste

Itapegica

A área de desapropriação determinada pelo Governo de São Paulo para a estação Itapegica fica entre a Travessa Igaratá e a Rua Cavadas, no cruzamento com a Rua Canadense. Essa estação da Linha 19-Celeste ficará em uma região industrial de Guarulhos, que nos últimos anos também passou a contar com empreendimentos imobiliários.

Metrô em Guarulhos vai ter a Estação Itapegica

Gosta do conteúdo do Guarulhos Todo Dia?

Compartilhe

Siga o Guarulhos Todo Dia

Siga no Google News

SAIBA O QUE FAZER

Fios soltos, caídos e emaranhados nos postes de energia: um problema em Guarulhos

BUSCAS

Moradores de Guarulhos acordam assustados com barulho do helicóptero Águia da PM

DADOS DA ANAC

Aeroporto de Guarulhos movimentou 36% dos passageiros do Brasil no 1º semestre

HAJA SAÚDE!

Tempo seco e quente em Guarulhos continua pelo menos até domingo (28)

NOVO IMPOSTO

Shein, Shopee e AliExpress confirmam quando cobrarão taxas nas compras de até US$ 50

LINHA 19-CELESTE

Projeto do Metrô em Guarulhos inclui túnel na Paulo Faccini com a Tiradentes

DIÁRIA CARA

Sob risco de leilão: 7.889 veículos estão apreendidos em pátios do Detran em Guarulhos

PROGRAMA ESTADUAL

7 escolas de Guarulhos querem ser cívico-militares; entidades tentam vetar projeto

CHAPA PURA

Eleições 2024: Márcio Nakashima (PDT) terá Josinaldo Cabeça como candidato a vice

VEJA COMO DENUNCIAR

Acidentes com balões na rede elétrica afetaram 453 casas em Guarulhos em 2024

ESQUEMA CRIMINOSO

Entenda o golpe do Pix errado e saiba como não ser enganado

Nomes nas urnas

Eleições 2024: partidos de Guarulhos começam a oficializar seus candidatos

LESÃO CORPORAL CULPOSA

Trânsito está mais violento em Guarulhos: Acidentes com feridos crescem 38% em um ano