Três vereadores são presos em operação contra o PCC, com mandados da 5ª Vara Criminal de Guarulhos

Operação do Ministério Público, com apoio da PM, investiga grupo que fraudava licitações no estado

Edvaldo Nunes

redacao@guarulhostododia.com.br

MP-SP/Divulgação

Publicado em 16/04/2024 às 11:27 / Leia em 4 minutos

O Grupo de Operação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público de São Paulo, com apoio da Polícia Militar, deflagrou nesta terça-feira (16) uma operação contra um grupo ligado ao PCC, suspeito de fraudar licitações públicas em todo o estado de São Paulo. As equipes cumpriram mandados de prisão temporária, além de realizar busca e apreensão em 42 endereços, 11 deles em prédios públicos. As ordens judiciais, todas expedidas pela 5ª Vara Criminal de Guarulhos, incluem prisão cautelar de empresários e agentes públicos da região do Alto do Tietê e litoral.

Entre os 13 presos até o momento, estão três vereadores de diferentes cidades paulistas: Ricardo Queixão (PSD), de Cubatão; Flávio Batista de Souza (Podemos), de Ferraz de Vasconcelos; e Luiz Carlos Alves Dias (MDB), de Santa Isabel. A defesa do vereados de Cubatão disse que vai pedir a revogação da prisão temporária e que ele está no caso como averiguado, não como suspeito. Os outros dois políticos ainda não se manifestaram.

As autoridades apreenderam quatro armas, de calibres 380, .40, 38 e 9 milímetros, mais de 200 munições, 22 celulares e notebooks. Também encontraram dinheiro: R$ 3,5 milhões em cheques, R$ 600 mil em espécie e quase US$ 9 mil.

27 promotores, 22 servidores e mais de 200 policiais militares participam da operação. Os investigadores apuram crimes como lavagem de dinheiro, organização criminosa e corrupção passiva e ativa de agentes públicos.

Entenda a Operação Munditia

A operação tem o nome de Munditia, que em latim significa “limpeza”. De acordo com os promotores, empresas atuavam de forma recorrente para frustrar a competição nos processos de contratação de mão de obra terceirizada no Estado, principalmente no ramo de limpeza. Licitações em Guarulhos, Ferraz de Vasconcelos, Cubatão, Arujá, Santa Isabel, Poá, Jaguariúna, Guarujá, Sorocaba, Buri e Itatiba, entre outros municípios, estão na investigação.

O Ministério Público entende que há indicíos que agentes públicos interferiam nas licitações de serviços, dirigindo e indicando pessoas, favorecendo empresas terceirizadas de limpeza, mão de obra, postos de controle e fiscalização. Em troca, esses agentes públicos recebiam uma porcentagem dos contratos.

“As empresas atuam em várias licitações nessas prefeituras onde existe uma facilidade comprada por indícios de corrupção que foram levantados até agora”, explicou Yuri Fisberg, promotor do Ministério Público de São Paulo, em entrevista coletiva.

As empresas do grupo investigado têm contratos públicos que somam mais de R$ 200 milhões nos últimos anos.

Alguns deles atendiam a interesses do PCC, que tinha influência na escolha dos ganhadores de licitações e reparte os valores dos contratos. O Ministério Público aponta que não necessariamente os vereadores tinham ligação com a organização criminosa, mas sim com os empresários.

Os responsáveis pela operação afirmam que havia simulação de concorrência com empresas parceiras ou de um mesmo grupo econômico. Também há indicativos da corrupção sistemática de agentes públicos e políticos (secretários, procuradores, presidentes de Câmara de Vereadores, pregoeiros etc.) e diversos outros delitos –como fraudes documentais e lavagem de dinheiro. Essa operação é uma ramificação da Fim da Linha, que apura ligação de empresas de ônibus com o PCC.

LEIA TAMBÉM:

Compartilhe

Siga o Guarulhos Todo Dia

Siga no Google News

LINHA 19-CELESTE

Projeto do Metrô em Guarulhos inclui túnel na Paulo Faccini com a Tiradentes

DIÁRIA CARA

Sob risco de leilão: 7.889 veículos estão apreendidos em pátios do Detran em Guarulhos

O preço tá bom?

Feijoada vai bem nesse frio? Então não esqueça da couve manteiga. O preço está bom.

DROGAS INGERIDAS

Cresce o número de prisões de “mulas” do tráfico no Aeroporto de Guarulhos

AGENDA GUARULHOS

Festa julina do Bosque Maia vai até dia 21; confira preços das atrações e comidas

VEJA OS VALORES

Aeroporto de Guarulhos terá tarifas de embarque e conexão mais caras a partir de agosto

ÁGUA NA BOCA

Guia: 9 pizzarias bem avaliadas em Guarulhos; cidade tem paixão por pizza!

BOTA CASACO, TIRA CASACO

São Paulo registra a tarde mais fria do ano: 13 graus. Mas o tempo vai mudar…

TRABALHO

Latam está com vagas de emprego abertas no Aeroporto de Guarulhos

VIAGEM E PASSEIO EM SP

O preço médio da diária em hotéis e pousadas de Campos do Jordão em 2024

O podcast do GTD

A greve que não houve, a verba polêmica e muito mais, em A Semana em Guarulhos

DICA NA CIDADE

Museu do Videogame em Guarulhos: Tudo sobre o evento no Internacional

EM CARTAZ

Quanto custa o ingresso do cinema em Guarulhos? Veja os preços