O preço médio da diária em hotéis e pousadas de Campos do Jordão em 2024

Além da cidade queridinha dos paulistas no inverno, órgão de defesa do consumidor realizou levantamento de quanto custa se hospedar em 11 cidades perto da capital.

Vinícius Andrade

redacao@guarulhostododia.com.br

Divulgação/Prefeitura de Campos do Jordão

Publicado em 08/07/2024 às 19:49 / Leia em 4 minutos

Julho é o mês perfeito para curtir as belezas de cidades turísticas aqui de São Paulo. São viagens mais curtas, que não exigem gastos com passagem aérea e que permitem conhecer um pouco mais do nosso estado durante a época mais fria do ano. Dá para organizar um bate e volta, fazendo o máximo que for possível em apenas um dia, ou então aproveitar um tempo a mais, com as regalias vendidas por hotéis e pousadas. Campos do Jordão é a queridinha dos paulistas no inverno, mas há outras opções.

O Procon-SP pesquisou preços de hospedagem e alimentação para ajudar o consumidor a ter uma referência na hora de organizar a viagem e encontrar um hotel, uma pousada ou um restaurante que caibam no bolso.

O órgão de defesa elaborou um material em que destaca cidades que ficam entre 60 e 250 quilômetros de distância da capital, com eventos de temporada, produtos típicos e atrações turísticas durante o mês de julho.

No levantamento de preços, os locais são os seguintes:

  • Águas de Lindoia
  • Amparo
  • Bragança Paulista
  • Campos do Jordão
  • Cunha
  • Guararema
  • Itu
  • Santo Antônio do Pinhal
  • São Bento do Sapucaí
  • São Roque
  • Serra Negra
  • Socorro

No caso da badalada Campos do Jordão, por exemplo, o acesso acontece pelas rodovia Presidente Dutra ou Ayrton Senna/Carvalho Pinto. Destino perfeito para quem mora em Guarulhos. Com cerca de 160 quilômetros de distância, a viagem dura mais ou menos duas horas; depende do trânsito.

Preço de hotel em cidades turísticas de SP

A pesquisa comparativa de preços foi realizada em 100 em hotéis três estrelas e pousadas de 12 cidades do estado de São Paulo que são destinos turísticos bastante procurados durante as férias de inverno. Os dados foram obtidos entre 3 e 10 de junho utilizando, como referência, estadia nas cidades no final de semana de 13 e 14 de julho.

De acordo com os dados do levantamento do Procon-SP, o consumidor deve pagar mais caro, em média, para se hospedar em hotéis em Campos do Jordão (R$ 735,20 a diária) e mais barato em Bragança Paulista (R$184,40).

Se a opção for ficar em uma pousada, o preço médio mais caro encontrado foi de R$ 771,60 e o mais barato R$ 184,40, respectivamente em Campos do Jordão e Bragança Paulista também.

Confira os detalhes nas tabelas abaixo:

Hotéis no interior de SP – julho de 2024

Cidades pesquisadasValor médio da diária
Águas de LindoiaR$ 396,40
AmparoR$ 283,25
Bragança PaulistaR$164,80
Campos do JordãoR$ 735,20
GuararemaR$ 634,04
ItuR$ 360,16
São RoqueR$ 244,50
Serra NegraR$ 506,00
SocorroR$ 643,80
As cotações tomaram como base hotéis 3 estrelas com diária para casal para o fim de semana de 13 e 14/07/24, com café da manhã incluso e estacionamento.

Pousadas no interior de SP – julho de 2024

Cidades pesquisadasValor médio da diária
Águas de LindoiaR$ 673,60
AmparoR$ 213,00
Bragança PaulistaR$184,40
Campos do JordãoR$ 771,60
CunhaR$ 346,67
ItuR$ 460,80
Santo Antonio do PinhalR$ 405,80
São Bento do SapucaíR$ 324,00
São RoqueR$ 383,20
Serra NegraR$ 436,00
SocorroR$ 308,80
As cotações tomaram como base: pousadas com diária para casal para o fim de semana de 13 e 14/07/24 com café da manhã incluso e estacionamento.

Sobre a escolha de hotéis e pousadas em Campos do Jordão ou outros destinos, o Procon ainda reforça: é sempre importante buscar referências e comentários de outros turistas que tenham se hospedado nos locais escolhidos. Plataformas como Google Avaliações, Booking e Hoteis.com podem ajudar.

No site do Procon-SP é possível saber se há reclamações registradas contra estes estabelecimentos, que em seus sites precisam informar dados como CNPJ e canais de comunicação.

Fazer contato telefônico prévio para confirmar reservas também é uma medida de precaução que pode evitar problemas.

Refeição

Já para as refeições, o maior preço dentre as cidades consultadas está em Bragança Paulista (R$85,69) e o menor (R$ 63,92) em São Bento do Sapucaí, quando a opção for por um restaurante self-service por quilo.

Nos estabelecimentos que cobram um preço fixo para uma refeição self-service, o valor médio mais caro encontrado foi de R$ 74,16 em Bragança Paulista e o mais barato R$ 24,00 em Cunha. E para o prato executivo de frango, a maior e menor média encontrada foram de R$ 40,00 em Cunha e de R$ 23,00 em Amparo.

Confira mais detalhes do levantamento aqui.


LEIA TAMBÉM -> Museu do Videogame em Guarulhos: Tudo sobre o evento no Internacional

Compartilhe

Siga o Guarulhos Todo Dia

Siga no Google News

Nomes nas urnas

Eleições 2024: partidos de Guarulhos começam a oficializar seus candidatos

LESÃO CORPORAL CULPOSA

Trânsito está mais violento em Guarulhos: Acidentes com feridos crescem 38% em um ano

ANTIGOS ADVERSÁRIOS

Eleições 2024: Elói Pietá (Solidariedade) terá Fran Corrêa (MDB) como candidata à vice

CHAPA DEFINIDA

Eleições 2024: Waldomiro Ramos (PSB) terá Claudia Papotto como candidata à vice

ENTENDA O CASO

Jardim Álamo protesta contra mudanças na rodovia Presidente Dutra

Quem vota na cidade

Conheça o perfil dos eleitores de Guarulhos que vão votar este ano

IMAGENS FORTES

Polícia investiga “homicídio com dolo eventual” em acidente na Timóteo Penteado

O preço tá bom?

Feijoada vai bem nesse frio? Então não esqueça da couve manteiga. O preço está bom.

PREVISÃO DA SEMANA

Tempo fica estável em Guarulhos nesta semana: nublado, friozinho e sem chuva

DROGAS INGERIDAS

Cresce o número de prisões de “mulas” do tráfico no Aeroporto de Guarulhos

Chapa fechada

Eleições 2024: Lucas Sanches (PL) terá Thiago Surfista (Novo) como candidato a vice

AGENDA GUARULHOS

Festa julina do Bosque Maia vai até dia 21; confira preços das atrações e comidas